.
expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>
ENVIE SEU COMENTÁRIO PARA O PAINEL ROTATIVO DO BLOG ATRAVÉS DO E-MAIL: luismagno_alencar@hotmail.com ...............SANTOS DO DIA 23 de abril: São Jorge, mártir; Santo Adalberto de Praga, Bispo e mártir (Fonte: Arautos do Evangelho)...

23 abril 2014

Museu das Almas do Purgatório 2: Veja as marcas deixadas por almas que padecem no purgatório

Fonte: Ciência Confirma Igreja

Uma das 3 marcas deixadas pelo abade Panzini. – Jornalista : Entendemos, portanto, qual é a diferença entre a invocação, portanto o espiritismo, dos defuntos, e a simples oração e a veneração. Mas voltemos ao Purgatório. Este local que pela sua natureza é uma realidade ultraterrena, deixou sua marca e é uma marca muitíssimo tangível. Olhemos.

– Pe. Domenico Santangini: Aqui, em 1895, não havia nada, apenas uma capela em volta; não havia nada. 

Em 1897 houve um incêndio fortuito e, quando o incêndio foi apagado, uma imagem misteriosa ficou impressa na parede da capela.(foto ao lado)

Agora lhe faço ver exatamente o original. É a imagem de um homem que sofre, pelo que o Pe. Victor Jouët (N.T.: 1839-1912, missionário do Sagrado Coração, de Issoudun, França), capelão que cuidava desta igrejinha e devoto das almas do Purgatório, entendeu:

“Este é um sinal dessas almas que querem uma igreja dedicada às suas intenções”. Veja imagens Click AQUI e LEIA MAIS.

Por Luís Magno Alencar

“Manda quem pode, obedece quem tem juízo!”. Professores entendem recado da prefeita e retornam a sala de aula em SLP

O temor pelos efeitos da liminar do TJ e uma dose de pressões, provocaram uma trégua no movimento de greve dos professores da rede municipal de ensino em Santa Luzia do Paruá.

Os professores associados ao Sinproesemma, que por várias semanas paralisaram as suas atividades escolares no município, resolveram voltar à sala de aula, após darem-se conta da possibilidade de uma dobra de turno por parte dos profissionais que não aderiram a greve(cerca de 40%) e ou mesmo contratos de outros docentes, caso os profissionais não cumprissem as determinações da liminar emitida pelo TJ-Ma em 07 de abril.

A decisão de voltar aconteceu após o anúncio do plano de desmanche da greve, prenunciado pela própria prefeita Eunice em seu gabinete, quando dois professores ligados a entidade sindical procuraram-na informalmente no prédio da prefeitura depois da manifestação de quarta-feira (16), e, logo em seguida, foi confirmado pela mesma em entrevista concedida nesta última terça-feira (22) na 'Rádio Digital'.

Acompanhada da secretária de educação Joelma Gonçalves e do líder do governo na câmara o vereador ‘Dequinha’, a prefeita desmentiu diversas afirmações ditas no meio docente durante o feriado da semana santa. De acordo com esta entrevista, ela não teria dito que não descontaria aos dias paralisados, salvo se, gradativamente as aulas fossem repostas aos alunos; e não teria dito que não apresentaria mais o novo plano de cargos na câmara, já que afirmou que o mesmo será apreciado pela Casa, nesta próxima sexta-feira (25).

Mesmo diante da esperteza e do respaldo privilegiado da prefeita, membros do sindicato admitem que a visita aos portões da assembleia legislativa do estado (onde preside a Casa o cunhado de Eunice) acontecerá em um outro momento mais oportuno à medida que um número considerável de 'grevistas' estejam dispostos ao feito. A pergunta é: 'Contaria o sindicato com aqueles 200 docentes que assinaram listas de frequências nos primeiros momentos da greve, depois destes últimos acontecimentos?!

Por enquanto, o que deve permanecer até a próxima novidade, é o eco vitorioso da prefeita Eunice, que fazendo alusão a tal liminar, disse na ‘Digital’ a frase que ainda se houve nas ruas da cidade: “Manda quem pode, obedece quem tem juízo!”


Por Luís Magno Alencar

19 abril 2014

Presente de Páscoa à Igreja Católica Brasileira no Maranhão! Dom Polidoro ordena mais um diácono em Viana!



Diácono JOCIMAR
A sede diocesana da Igreja Católica Brasileira no estado do Maranhão (ICAB), localizada na cidade de Viana (à 213 km. da capital São Luís), viveu momentos de júbilo e de enriquecimento espiritual nesta quinta-feira santa (17) na Igreja de São Benedito e Nossa Senhora Menina, que fica no Bairro da Barreirinha e é uma antiguíssima referência da ICAB em todo território nacional.

Os motivos para as alegrias de muitos dos ‘católicos brasileiros’ de Viana deu-se em razão da ordenação ao diaconato de um seminarista que reside na cidade de Teresina, o JOCIMAR SILVA SOUSA, que estava acompanhado da mãe, da esposa e de outros familiares.

O ato de ordenação, que foi celebrado pelo bispo-auxiliar da diocese, Dom Paulo Polidoro, foi autorizado pelo bispo Dom José Eustáquio Neto (titular), que não pôde comparecer ao evento devido aos tratamentos de quimioterapia em São Luís (ausência que foi justificada por meio de uma carta enviada à comunidade).

Depoimentos de fiéis da ‘Irmandade Leiga de Nossa Senhora Menina’, a pregação de padre Lúcio  e os hinos tocantes do ‘Ministério de Louvor e Adoração Cristo Rei’ proporcionaram um clima de muita oração e religiosidade no ambiente da celebração, que também acomodou a renovação dos votos de padres na chamada ‘benção dos santos óleos’ da unção, do catecúmeno e do crisma.

Com o semblante voltado para meditação e demonstrando muita emoção durante todos os momentos de efetivação do rito de consagração, o JOCIMAR recebeu de Dom Polidoro os paramentos (vestimentas) diaconais e os conselhos para que “persevere na ICAB mesmo diante das barreiras da intolerância, o que é um dos problemas mais típicos entre os padres da ICAB, devido as nossas semelhanças com outras vertentes do ‘catolicismo universal’’’, assim disse o bispo.

JOCIMAR, que está concluindo o curso de teologia pela ICAB, terá ainda mais um ano de atuação, agora como diácono, junto a sua comunidade em Teresina-Pi, para que, de fato, possa a vim ser ordenado padre, o que está previsto para uma data ainda não determinada, possivelmente no próximo ano.   

Também participaram da cerimônia o seminarista de Flauriano, de Lago da Pedra-Ma, que recebeu as primeiras batinas; e também o seminarista Maurício, vindo da cidade de União, no Piauí.

Igreja Católica Brasileira em Viana-Ma

Abrangência e clero atual

A diocese 'Católica Brasileira' de Viana (que abrange o estado do Maranhão) foi criada em 1972 e tem como bispo responsável a Dom José Eustáquio Neto, sendo o mesmo sucedido pelo bispo Dom Antonio Lopes dos Santos. Dom Atuando com supervisão e missas constantes nas igrejas da diocese seu atual bispo, comanda e integra um modesto clericato, que conta entre seus membros com os diáconos Robson (de Viana) e o Jocimar (de Teresina-Pi), os padres Luís (de Açailândia) e Lúcio (de Zé Doca), o bispo Dom Polidoro (de Viana) e por fim, pelo próprio bispo Dom José, que tem residência fixa no Bairro do João Paulo, em São Luís. Apesar de um certo declínio da igreja em anos atrás em razão de intolerâncias, garantiu ao nosso blog o próprio Dom Polidoro, que “a situação de nossa igreja melhorou após o episcopado de Dom José à frente de nosso clero, principalmente a partir da última década de 1990, pois a atuação da ICAB, principalmente em comunidades do interior, às vezes, sem nenhuma assistência espiritual por parte de outras igrejas do segmento católico, propiciou a existência de pontos missionários visitados por padres de nossa igreja em todos os 217 municípios do estado”, afirmou Dom Polidoro.

A fundação da ICAB em Viana

Igreja São Benedito da Barreirinha
A fundação da igreja em Viana foi obra de um padre missionário da ICAB, vindo do Rio de Janeiro-RJ, chamado padre Adolfo Peres Espósito, um conhecido religioso na região da Baixada Maranhense a partir de 1947, por ser ter sido o mesmo um pioneiro na ministração de missas nos mais isolados povoados do Oeste do estado, em uma área de influência que ia de São Luís ao Gurupi, seja deslocando-se a pé, montado em animais ou mesmo aproveitando às cheias dos rios, que são abundantes na região.

Padre Adolfo, teria vindo para Viana devido às intrigas de caráter político entre o padre monsenhor Arouxe (da Igreja Católica Apostólica Romana) que apoiou o grupo político do candidato à prefeito da Família Gomes e o prefeito na época eleito, Luís Almeida Couto, apiado por moradores do bairro da 'Barreirinha', isso por volta de 1946. Devido ao abandono dos fiéis por parte do 'padre romano', teria o prefeito Luís Couto, solicitado da ICAB em Brasília, a vinda de um clérigo para residir na região e dar as devidas assistências aos fiéis da igreja da 'Barreirinha'. Atendendo a solicitação, a direção da igreja enviou padre Adolfo, que ficou residindo em Pinheiro, na Igreja de São Francisco de Assis (a imagem do santo está na Barreirinha). Sentindo-se perseguido pela intolerância religiosa, e com missão cumprida na Baixada, Adolfo decide voltar para o Rio no ano de 1979, deixando encaminhadas ali, as bases de criação de uma diocese no Norte, que logo ganharia o seu primeiro bispo, que veio a ser Dom Antonio Lopes Sousa (cuja rua de acesso à igreja hoje tem o seu nome).

Mas, as mais remotas referências da ICAB em Viana já havia apresentado nos anais da história, um outro vianense como um dos precursores da criação de um catolicismo nacional nos moldes da Igreja Brasileira. Trata-se de Rafael Estêvão Carvalho, deputado às Cortes do Império do Brasil, que em 1835 apresentou projeto de lei para que fosse instalado no Brasil uma forma de catolicismo nacional. Essa não era uma ideia nova, disse-nos Dom Polidoro, pois o frei Caneca, padre Diogo Feijó (regente do infante Dom Pedro II) e o escritor Rui Barbosa, entre outros, já haviam imaginado tal possibilidade.

O padroeiro São Benedito da Barreirinha

Imagem de São Benedito
(do mulato "Faustin")
Uma imagem bem rústica do padroeiro da igreja, São Benedito da Barreirinha, chama a atenção para as mais positivas ligações com o passado da cidade de Viana e ajuda a entender os fortes laços de simpatias da ICAB com os elementos de resistência da cultura negra na região. Muito embora a padroeira da cidade na Igreja Católica Apostólica Romana seja  Nossa Senhora da Conceição, alguns autores que fazem citação à história dos negros no maranhão, tais como Flávio Gomes (em ‘A hidra e os pântanos’) e ‘Mudinha de Araújo’ (em ‘Negro Cosme: o imperador bentivi), apontam ambos, a devoção ao ‘santo preto’ como o indício de uma fusão cultural de muita significância para os remanescentes de quilombo, o que é uma causa amparada pelo ideário religioso da ICAB desde os seus primórdios. O Quilombo de São Benedito do Céu, por exemplo, um dos maiores das adjacências de Viana no século XIX, que tinha em seu interior uma capela dedicada ao santo, apresenta na história, os resquícios de uma resistência cultural religiosa cujas devoções, a ICAB conseguiu resgatar através da igreja da Barreirinha, construída em 1909, por remanescentes de quilombolas devotados ao catolicismo romano, e assim mantida até o ‘cisma’ de 1947, entre ‘romanos’ e icabienses’.

A imagem mostrada acima, foi esculpida por um mulato enfermo por nome "Faustin", que não tinha a intenção de criar uma devoção a São Benedito na 'Barreirinha' ("mas era um plano divino", disse bispo Polidoro!) Após as manifestações de devoção e milagres o mesmo foi acusado de sincretismo religioso, ele e sua raça (a negra) de 'aldeados' da 'Barreirinha'. Então, apesar de curado, o mulato "Faustin" jogou fora a imagem do santo num barreiro (o que veio a dar origem ao nome do bairro da 'Barreirinha'). Encontrada por crianças, a imagem escurecida pelo tempo e lugar, trazia aos olhos uma identificação ainda mais acentuada com São Benedito e acabou virando uma oportunidade para que fiéis também mulatos recordassem do humilde monge católico numa versão muito original para aquele lugar, desde 1909 até os dias atuais.
  
Por Luís Magno Alencar

15 abril 2014

Prefeita Eunice estará na 'Rádio Digital' na manhã de quarta-feira (16)

Arquivo do blog. Negociação com o
Sinproesemma em 2013
Segundo informou ao nosso blog a assessoria de imprensa da prefeitura de Santa Luzia do Paruá, a prefeita Eunice dará entrevista à 'Rádio Digital' na manhã desta próxima quarta-feira (16).

O pronunciamento da prefeita em rádio não passaria de uma atividade rotineira nestes tempos de religiosidade da Semana Santa, não fosse a expectativa gerada para o que será dito e sobre as consequências das respostas às perguntas que serão feitas pelo locutor 'Chico da Voz'.

Num momento em que os professores da cidade que estão em greve ameaçam mais uma quarta-feira barulhenta e elementos da oposição intensificam ataque ao seu governo, o que se espera é que a entrevista de amanhã apresente avanços que ultrapassem os simples desejos de um feliz feriado de páscoa.

Depois da indiferença do Sinproesemma à notificação da liminar do TJ-Ma, a entrevista da prefeita Eunice talvez possa tornar-se uma via de abertura de primeiros diálogos com a categoria, um dado que é duvidoso para assessoria  de imprensa que diz não saber ainda sobre à quais assuntos as perguntas serão dirigidas.

Então, ficaremos atento! O programa 'Informativo Digital' vai das 11:00 às 12:00hs (do horário de Brasília) e tentaremos divulgar sua gravação aqui no blog!

Por Luís Magno Alencar

Falso papiro retoma ofensa contra Jesus Cristo



Certa imprensa aproveita a Semana Santa para veicular noticiário por vezes ofensivo e enviesado contra a Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Em 2014, talvez carente de argumentos científicos, o ritornelo anticristão voltou a agitar um antigo fragmento de papiro, desprestigiado nos meios acadêmicos. Nele está escrito que Nosso Senhor se casou com Maria Madalena, como na novela já muitas vezes refutada de Dan Brown, o “Código da Vinci”.

O pedaço de papiro antigo já foi apresentado em 2012 pela historiadora Karen King, da Harvard Divinity School, dos EUA, noticiou a G1

O fragmento pode ser do século VI, do IX, ou até do II, segundo os testes de radiocarbono e uma análise da tinta por espectroscopia Micro-Raman, realizados nas universidades de Columbia, Harvard e no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).

A própria professora Karen reconhece que a antiguidade do fragmento não prova a suposição que ela fez sobre Jesus CristoLEIA MAIS.

Por Luís Magno Alencar

Vereadora 'Novinha' reuni vários empresários em SLP para o lançamento do Estágio Viva o Primeiro Emprego

Da esq.p/dir.: Elza, Conceição e Ver. 'Novinha'

Professores Marcos Antonio, Eduardo e Juliana

À esquerda da foto, destaque para o empresário Antonio Alencar
A vereadora luziense Lucinete Costa, 'a Novinha', reuniu ontem (14), no salão paroquial, ao lado da Igreja Matriz de Santa Luzia do Paruá, dezenas de empresários da cidade para participarem do lançamento do Programa de Estagio Viva Primeiro Emprego, do Governo do Estado do Maranhão.

Antonio Alencar, 'Cimentão Paruá', Raimundinha da Veterinária Silva, entre tantos outros, foram alguns dos ilustres empresários da cidade à prestigiar a iniciativa da vereadora 'Novinha' (e do ex-secretário de estado na SECTEC, o 'Zé Costa', que é primo da vereadora) que esforçaram-se para beneficiar a vida de 73 alunos dos cursos  marketing e vendas, auxiliar administrativo e panificação que foram acompanhados pela Universidade Virtual do Maranhão- UNIVIMA.

Segundo explicou a coordenadora-geral do programa, professora Raíza Aragão, os estagiários (que são jovens na faixa etária dos 18 aos 30 anos) deverão atender uma jornada de trabalho de 6 hs diárias para ganhar um salário de R$ 620,00 sem nenhum custo para os donos dos estabelecimentos e serão identificados com uma camiseta que trará o nome do programa.

Apontado o 'Programa Estágio Primeiro Emprego'como uma das marcas do governo Roseana, disse ainda Raíza Aagão que o "programa acontece em 25 cidades maranhenses nesta edição e tem o objetivo de formar o profissional que o empresário realmente tem necessidade, pois o mesmo ajuda a traçar um perfil de empregado desejável para o mercado de trabalho", assim declarou Raiza.

Dando apoio logístico e de articulação participativa no evento, também estiveram presentes o ex-vereador Gean e o atual vereador "Jó", além dos próprios coordenadores de pólo e supervisores da UNIVIMA, tais como os professores Eduardo, Elza Saminez, Conceição, Marcos Antonio e Juliana.

Por Luis Magno Alencar 

12 abril 2014

'Troféu Louvemos o Senhor da Música Católica'. Vote nos cantores que você mais curte!





Entre no site e participe. Click AQUI!

Por Luís Magno Alencar

A Paula no lugar do ‘Dez’! Vice-prefeito de SLP não é mais presidente do Diretório Municipal do PRB

As mudanças na direção municipal do Partido Republicano Brasileiro - PRB foram protocoladas no TRE-Ma, em São Luís, nesta última quinta-feira (09)

Da esq. p/dir.: Alisson Penha (superintendente federal da pesca),
Franklin Deiveson (secretário de estado da pesca - SEAP),
Júnior Verde (ex-superintendente da pesca) Paula Cardoso, Laércio
 e Cleber Verde (deputado federal).

Paulla Alencar Cardoso
Paula e o esposo Laércio
A lógica do renovismo nas estruturas que mantém a atuação dos políticos do PRB na causa da pesca, foi a tônica do primeiro discurso da nova presidente do Partido Republicano Brasileiro em Santa Luzia do Paruá, Paula Alencar Cardoso, que surpreendeu-se com o anúncio feito em São Luís, pelo ex-superintendente federal da pesca Júnior Verde e por seu irmão, o deputado federal Cleber Verde.

A bombástica mudança tira de rota o atual vice-prefeito da cidade, o ‘Dez Anos’(ex-presidente do partido) e interfere no cenário da política luziense nas próximas eleições. Anunciada na casa do deputado Cleber Verde, no bairro do Cohatrac V, no último dia 05, as medidas aconteceram numa ocasião em que os presidentes de colônias e sindicatos de 12 cidades do Alto Turi e adjacências que também militam no partido, reclamaram de desorganização e muitos prejuízos aos sócios devido a uma exploração das forças sindicais por parte de outros ‘caciques da pesca’ que quase nada tem deixado em cada localidade em que os núcleos da pesca atuam depois de servirem-se em tempos de disputas eleitorais.

Entre outras razões, por ter sido a Paula (esposa de Laércio Cardoso, do sindicato luziense) a primeira a desertar e a questionar a suposta “bagunça” deliberada, foi ela mesma a ser indicada por militantes sindicais da Região do Alto Turi, como merecedora de representá-los à frente do partido, no diálogo promissor com as lideranças do estado e do governo federal que defendem os pescadores, aos quais em sua grande maioria, são do PRB.

Na verdade, estas mudanças ocorrem num espaço-tempo em que acirram-se as disputas eleitorais para assembleia legislativa do estado. O deputado federal Cleber Verde que apoiou na cidade a candidatura do “ex-amigo”, vice-prefeito ‘Dez Anos’, lançará seu próprio irmão, Júnior Verde para a vaga de deputado estadual, confrontando com as intenções do deputado estadual Edson Araújo (’aliado do Dez’), que pleiteia reeleição.

“A Paula, que é aliada da prefeita Eunice e atua na secretaria municipal da mulher, já tem carismas, simpatia e competência comprovados na política luziense e com certeza saberá representar bem o partido em nossa cidade”, disse ao nosso blog o seu esposo Laércio Cardoso.

Ainda não se sabe quais os rumos do vice-prefeito ‘Dez Anos’ diante desta nova realidade, embora hajam muitas especulações. Vale recordar que o ‘Dez’ foi a figura decisiva para vitória de Eunice nas eleições de 2012 e contraditoriamente amarga o resultado de suas próprias escolhas: tudo indica que poderá ficar sem a sua colônia (caso isso se confirme nas eleições do mês de maio ) e no momento, já está sem o seu partido! Pelo visto, a tentativa de impedimento com o uso de carro de som da reunião do Sindicato dos Pescadores com líderes municipais, estadual e federal do dia 18 de março, no Ginásio Poliesportivo, gerou sérios problemas para o ‘Dez’ e colocou ainda mais em evidência, as lideranças do casal Paula e Laércio! Não nos resta outra alternativa, a não ser a de reconhecer e parabenizar a nossa amiga Paula por mais esta conquista! A ti 'prima' Paula Alencar, os nossos sinceros parabéns!


 Por Luís Magno Alencar

11 abril 2014

Empreendedores de Viana comemoram a capacitação no Empretec

Esta foi a terceira turma do seminário avançado realizada no município
Foi encerrado no último domingo, (06) em Viana, mais uma turma do Empretec, seminário avançado oferecido para empreendedores de vários segmentos, numa ação da unidade regional do Sebrae em Santa Inês, que atende à cidade de Viana. Esta foi a terceira turma do Empretec realizada no município, somando 65 pessoas. Capacitadas.
Dois facilitadores conduziram os trabalhos, voltados para desenvolver e potencializar as características empreendedoras dos participantes, através de jogos empresariais, dinâmicas e vivências do dia a dia na empresa. O seminário aconteceu no espaço Casa Linda, contando com parceria da Prefeitura Municipal e da Associação Comercial local, que realizaram a mobilização entre os empreendedores do município.
Viana é considerado um dos pólosda região da Baixada Ocidental Maranhense, onde a atividade empresarial é a base da economia, com destaque para o comércio varejista e a prestação se serviços.
No encerramento, os participantes estavam exaustos, mas satisfeitos com a experiência, pois o treinamento proporcionou o autoconhecimento, como afirmou a participante Dirce Costa. “Estou mais confiante, vou poder ousar mais, porque sei até onde vão o meu limite e o meu potencial”, enfatizou.
De acordo com o analista do Sebrae Fábio Braga, o momento foi de muito aprendizado, descobertas e inovações. “O Empretectem despertado o interesse de muita gente. Nessa turma tivemos a presença de empreendedores de Viana e Penalva e são pessoas que reconhecem a importância de uma capacitação e da busca de conhecimento para crescer e dar sustentação a seus negócios”, observou Braga.

Gilciléia Marques
Ascom/Sebrae Santa Inês - Ma

'Olha o coco!' Governador Nunes Freire serve água de coco na merenda escolar! Isso é correto?!


Por Luís Magno Alencar

Luzienses deixam ótimas impressões em missa diocesana celebrada ontem (10) pelo Bispo Dom Carlo Ellena



Vinte e duas cidades (Paróquias) que integram a Diocese de Zé Doca participaram nesta quinta-feira (10), a partir das 19:00 hs. da Tradicional Missa dos Santos Óleos, onde foram consagrados e abençoados os óleos que serão usados durante todo o ano em diversas celebrações da Igreja na Diocese, sendo estes óleos: o do crisma, dos enfermos e o óleo dos catecúmenos (batizandos). 

Durante o Ato Penitencial (Pedido de perdão) os fiéis foram aspergidos com água abençoada pelos padres e pelo bispo, o toque do sagrado e o sentido deste momento vivido na comunidade fez com que muitos expressassem em lágrimas toda a alegria provocada por tão simples atos de fé da devoção católica.

A Igreja Matriz de Santa Luzia do Paruá, ficou lotada de fiéis para receber a comitiva integrada pelo bispo da diocese, o Dom Carlo Ellena, que estava acompanhado por 22 Padres das Paróquias e o Reitor do Seminário Maior da Diocese em São Luis, somando-se ao todo 24 sacerdotes. O bispo Dom Carllo, elogiou a organização da missa em nossa cidade com as seguintes palavras: "Quero agradecer ao Padre José Raimundo pela excelente Organização, um ambiente convidativo a celebração"

Declarações marcantes ao blog

"É muito bom poder receber nossos irmãos de outras paróquias para juntos celebrarmos a missa dos Santos Óleos, um momento tão importante para toda a comunidade católica cristã"  (Padre José Raimundo Pinheiro - Pároco de Santa Luzia do Paruá)

"É um momento, para pararmos e refletirmos sobre nossa caminhada, um momento inesquecível" (Maria das Graças Lima - Fiel de Santa Luzia do Paruá).


"Esta é uma celebração Diocesana, Todos os anos estamos de Paróquia em Paróquia, para darmos oportunidade para quem nunca participou da missa de Santos Óleos de Participar,"  (Dom Carlo Ellena - Bispo da Diocese de Zé Doca)

Por Jhaniel Santos

Imagem marcante desta última quinta-feira (10): Missa dos Óleos em SLP com bispo Dom Carlo Ellena

Por Luís Magno Alencar

Conheça a atuação de Alex Cardoso, o militante da pesca em Centro do Guilherme que recebeu apoio do deputado Cleber Verde para conseguir melhorias na vida de seus sócios

Alex Cardoso
Apesar de ser recente em Centro do Guilherme, a Colônia de Pescadores na cidade já é uma referência aos sócios que buscam na entidade uma maior possibilidade de acesso aos benefícios adquiridos por meio de projetos e programas de órgãos públicos, como a Superintendência Federal da Pesca e a Secretaria de Aquicultura e Pesca do Maranhão - Seap.

A acessilidade destes benefícios que promovem a economia do lugar só tem sido possível graças ao aos diálogos entre o presidente-fundador da ‘Colônia’, o “Alex”, e as lideranças políticas no estado que intermediam as relações entre os governos e os pescadores.

Conhecedores destes assuntos (em representações que vão de ministro da república à vereador), os políticos do Partido Republicano Brasileiro – PRB, tem feito uma verdadeira revolução junto às entidades que representam os pescadores (colônia e sindicato), o que não tem sido diferente em Centro do Guilherme e em toda Região do Alto Turi. Para “Alex”, a relação do deputado federal Cleber Verde com os pescadores, tem promovido melhorias, visto que os sócios da colônia que representa, dizem sentir-se mais respeitados em seus direitos.

A obtenção dos kit’s de pesca, a ampliação do número sócios na entidade e aquisição sem prejuízos do seguro defeso do pescador, além de uma extensiva fiscalização ao oligopólio de alguns aproveitadores infiltrados na pesca, são alguns dos benefícios diretos que o “Alex” tem conseguido garantir aos sócios da Colônia de Pescadores de Centro do Guilherme, com ajuda de Cleber Verde, claro.

A proteção ao sócio, que também passa por uma representatividade nas instâncias dos governos (municipal, estadual ou federal) não é uma realidade escondida pelos líderes da pesca e do PRB, dito “o partido que defende o pescador”. Por isso, em Centro do Guilherme, o “Alex” tem o apoio incondicional da prefeita “Detinha” e de toda sua base alidada no município, ao mesmo tempo que mantém sua parceria com o pré-candidato Clebe Verde, que pretende pleitear vaga na câmara federal.


Por Luís Magno Alencar

10 abril 2014

Praça, ruas e pontes são recuperadas em Santa Luzia do Paruá




A Prefeitura de Santa Luzia do Paruádeu início aos trabalhos de recuperação total da praça São Francisco, no bairro de mesmo nome, como parte do plano de revitalização urbana da cidade.A recuperação do espaço de lazer deve ser concluída ainda no primeiro semestre de 2014.

Além da praça, diversas ruas e avenidas do centro da cidade e da zona rural passaram por recuperação, a exemplo da Rua do sol, Rua 4 e Rua São Domingos, naVila Celeste,Rua Três Irmãos e Rua São José. Asruas13 de Maio e do Passeio receberam terraplenagem.

De acordo com o cronograma de trabalho da Secretaria Municipal de Obras, apesar das chuvas, todos os serviços seguem normalmente, em várias frentes. “Além da preocupação com as vias, estamos recuperando as pontes, como o caso da quadra 26 e da quadra 29. Em breve daremos início também à construção da praça de eventos da cidade, fruto de emenda parlamentar”, ressaltou a prefeita, Eunice Damasceno.

Caçamba do PAC2
A Prefeitura de Santa Luzia do Paruá foi uma das 20 contempladas com caminhões-caçamba concedidos pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), do governo federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).


Os caminhões-caçamba são para ajudar no trabalho de recuperação das estradas vicinais dos municípios, meio pelo qual a população rural utiliza para o escoamento da produção e para facilitar a passagem de ônibus escolares e ambulâncias, por exemplo. Para isso, o governo federal investiu cerca de R$ 5 milhões para a população rural, estimada em 165 mil pessoas, sendo 16,5 mil são de agricultores familiares.

Por Mieko Wada
Ascom/Prefeitura de SLP

Hoje à noite em SLP: Católicos luzienses celebrarão Missa dos Óleos que contará com a presença de mais de 20 padres

Texto explicativo sobre o sentido da Missa
dos óleos, de Pe.José Raimundo
Roteiro da celebração
Vinte e quatro sacerdotes das paróquias da Região do Turi-Gurupi, área equivalente ao território eclesiástico da Diocese de Zé Doca, estão hoje em Santa Luzia do Paruá para celebração do tradicional ritual católico chamado de Missa dos Santos Óleos ou Missa da Unidade.

Momentos de surpresas ou de alegrias podem está envolvidos nesta celebração, pois é nesta ocasião do ano que os padres podem abdicar da batina ou reafirmar seu compromisso com a missão de trabalhar na messe do Senhor Jesus levando sua Palavra e dando testemunho de sua fé por meio de seu próprio ministério.

Com os óleos abençoados pelo bispo Dom Carlo Ellena, que pela terceira vez acompanha celebrará uma missa fora da sede diocesana em Zé Doca, os padres tem os instrumentos simbólicos de fé na igreja para poderem ministrar os sacramentos na comunidade, como o batismo e a unção dos enfermos, por exemplo.

Fazendo menção a uma positiva expectativa para esta celebração, disse ao nosso blog o pároco de Santa Luzia do Paruá, padre José Raimundo Pinheiro, que espera que os fiéis mostrem-se com um espírito acolhedor diante dos visitantes que hoje estarão na cidade para acompanhar a missa dos óleos. A celebração será iniciada às 18:30hs.

Por Luís Magno Alencar

Virou palanque! Líder do Sinproesemma de São Luís anuncia pré-candidatura de ‘Júlio Pinheiro’à deputado estadual e incita professores do núcleo de SLP a desobedecerem liminar do TJ-MA






A manifestação pública dos professores grevistas de Santa Luzia do Paruá associados ao núcleo do Sindicato dos Trabalhadores da Educação – Sinproesemma acabou em palanque, depois de completado o percurso de uma caminhada ao longo da Avenida João Moraes, na tarde desta quarta-feira (09), em que se usou como peças de protestos, faixas, carro de som, cartazes, além das presenças de políticos locais e de membros diretores do núcleo sindical da capital São Luís.

A grande surpresa do dia, depois de ter sido frustada a 'Operação Camicaze' (que pretendia a intenção da BR 316), deu-se por conta do anúncio deflagrado por um dos membros-diretores do núcleo estadual do sindicato que exaltou a necessidade de um representante da categoria na Assembleia Legislativa do estado.

Impossível de desbaratar o feito, embora membros do núcleo local tenham tentado fazê-lo, a notícia veio a calhar de modo muito oportuno para os defensores da prefeita Eunice nas ruas da cidade e nas redes sociais na internet, sendo que os mesmo vem procurando alertar os aliados sobre as reais intenções dos grevistas.

O ‘Moral da BR’, pré-candidato Josimar, que não encontrava-se nesta ocasião para dividir um espaço exclusivo para falar de si (já que o trio usado pelos grevistas é dele), talvez não concorde com a presença de mais um para dividir voto no “curral eleitoral” do 43! Ou será que concorda?!

Depois da ressaca de uma panfletagem anônima contra os grevistas e seus apoiadores (assunto mais comentado na cidade nos últimos dias), os professores decidiram em continuar esperando por uma chamada da prefeita Eunice para uma negociação dos termos de reivindicação da greve. Passando por cima do Desembargador Raimundo José Barros de Sousa e sua liminar de cessação do ato de greve, os professores agora apelam para uma maior pressão sobre os vereadores do edil luziense. Segundo deixou a entender os grevistas, uma presença revoltosa na sessão da câmara nesta próxima sexta-feira (11) seria necessário para que os parlamentares reavaliassem suas opiniões e lhes dessem apoio de que precisam para o movimento classista. Vamos aguardar!!

Por Luís Magno Alencar